15/07/2014

Vamos aprender a seguir um modelo? (6)

(escrito por Isa Ribeiro)

Vamos continuar com o tutorial que ensina como decifrar instruções de modelos para tricotar em português.

Estamos a seguir este modelo da Drops.

Quem não acompanhou os primeiros posts, pode vê-los aqui:

Vamos aprender a seguir um modelo? (1)
Vamos aprender a seguir um modelo? (2)
Vamos aprender a seguir um modelo? (3)
Vamos aprender a seguir um modelo? (4)
Vamos aprender a seguir um modelo? (5)

No último post estivemos a explicar como se lêm as instruções escritas do modelo indicado. Aqui fica mais uma dica:

No tamanho M diz para distribuir 12 diminuições, mas convém que as diminuições fiquem distribuídas no meio do trabalho, e não fique a última na ponta, mas isto é uma questão de gosto pessoal. Como temos 110 malhas vamos tirar as 2 malhas da ourelae dividir por 13 para as diminuições ficarem no meio do trabalho. Assim sendo temos que fazer uma diminuição em cada 8 malhas, ou seja tricotamos 6 malhas, tricotamos 2 malhas juntas) e repetimos até fazermos as 12 diminuições. Na seguinte carreira dá a indicação para tricotar 1 carreira em meia do avesso, e depois trocar para agulhas 4mm, continuando em ponto meia (tricotar em meia do lado direito, e em liga do lado avesso).

No final temos que ter 98 malhas na agulha, é comum os modelos irem indicando uma contagem de malhas, para que consigamos garantir que estamos a seguir o modelo correctamente. Nos modelos da DROPS essa indicação vem depois do sinal de igual.

A 8 cm de altura total, diminuir 1 m/p de cada lado e repetir num total de 5 vezes a cada 2-2-2,5-2,5-3-3 cm = 80-88-98-108-118-128 ms/pts. A 19-20-21-22-23-24 cm de altura total, aumentar 1 m/p de cada lado e repetir estes aumentos 5 vezes a cada 3 cm =90-98-108-118-128-138 ms/pts.

Acho que agora já perceberam a ideia de como se lê estes modelos, e talvez já saibam o que fazer de seguida, mas vou continuar a explicação para que confirmem se está correcto.

Continuamos a tricotar em ponto meia até termos 8cm de altura, depois vamos diminuir uma malha de cada lado, não convém que seja mesmo no limite, mas só depois da primeira ourela e antes da última ourela.

Estas diminuições vão ser repetidas a cada dois centímetros 5 vezes (ou seja a cada 6 carreiras (2cm x 28 carreiras/ 10 cm) fazemos uma carreira com diminuições – isto é tricotar 5 carreiras normalmente, fazer uma carreira com diminuições).

Vocês podem continuar a fazer sempre a mesma diminuição – tricotar duas malhas juntas, mas numa camisola fica sempre mais bonito espelhar as diminuições e os aumentos, por isso eu aconselho que tricotem 2 malhas juntas do lado direito do trabalho, pois tem uma inclinação para a esquerda, mas façam uma diminuição com malha acavalada ou fazer “passa, passa, tricota as 2 malhas passadas juntas pela perna de trás”, que, para não inventar um novo nome, vou chamar “ppm” como a Filipa. Estas duas últimas diminuições têm inclinação à direita.

Quando tivermos 20 cm de altura aumentamos uma malha de cada lado, e para manter a simetria usamos dois aumentos que são trabalhados da mesma forma, mas que consoante a direcção que apanhamos o fio podem ter duas orientações diferentes.

Do lado direito do trabalho vamos fazer um m1L (make one left) e do lado esquerdo um m1R (make one right), entre as ourelas.
Antes demais peço desculpa pelos vídeos em Inglês, a minha guru dos vídeos em Português, a Filipa, ainda não chegou a estes aumentos.

Esta escolha de direcção pode parecer um pouco contraditória, mas geralmente convém fazer todas as diminuições a apontar para uma linha (o limite da camisola) e os aumentos a afastar-se da mesma linha.Repetimos os aumentos 5x a cada 3cm, ou seja a cada 8 carreiras (7 carreiras normais, uma carreira com aumentos). No final temos que ter 98 malhas na agulha.

Depois é só continuar a seguir o modelo, garantindo que aumentam/diminuem/rematam/montam o número de pontos que é indicado para o vosso tamanho, isto é, se o vosso é o segundo da lista, tem que utilizar sempre a segunda indicação. E podem confirmar se estão a seguir o modelo correctamente através das contagens de malhas (vêm depois dos símbolos de igual).

O modelo continua com indicação de como fazer as costas e montar a camisola: costurar os ombros, fazer canelado na gola e mangas e costurar a frente e costas.

Espero que tenham gostado!

2 comentários:

Isa Maria disse...

Gostava mas estou sem tempo. Em inglês tenho o triplo de dificuldades

joana gama disse...

Obrigada Isa pelo teu contributo precioso.

Já sei de algumas Tricotadeiras a aprender com os teus tutorias.